inicio perguntas escritos conteúdo temas créditos
Epitáfio
Minha alma tão triste, por vezes, pede calma. E me diz: Tenta, Vamos ser leves, vamos voar, pelo menos por enquanto, enquanto a felicidade não vem.
problem loading posts

Palavra puxa palavra, uma ideia traz outra, e assim se faz um livro, um governo, ou uma revolução, alguns dizem que assim é que a natureza compôs as suas espécies.

Machado de Assis

Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospícios
Moças feito passarinho
Avoando de edifícios
Fume Ari, cheire Vinícius
Beba Nelson Cavaquinho.

Chico Buarque

Todos os dias eu voltei mais melancólico, irritável e indiferente aos sentimentos dos outros.

Edgar Allan Poe.

Eu continuava falando:
vai passar, babaca,
tudo passa,
é tudo uma piada
rindo da sua cara.

Charles Bukowski.

Então, uma coisa que eu odeio? Sem duvidas nenhuma, o desprezo. É a pior coisa que uma pessoa pode receber.

Marcello Henrique

Portanto, agora, ali estava eu. Sentado ouvindo a chuva. Se eu morresse agora, ninguém verteria uma lágrima em todo o mundo. Não que precisasse disso. Mas era estranho. Até onde um trouxa pode ficar solitário? Mas o mundo estava cheio de velhos rabugentos como eu. Sentados ouvindo a chuva e pensando para onde foi todo mundo. Aí é que a gente sabe que está velho, quando fica pensando para onde foi todo mundo. Bem, não foram para lugar nenhum, não precisavam ir. Três quartos estavam mortos.

Charles Bukowski.  

Não conseguia entender o que tinha acontecido com a minha vida. Tinha perdido a elegância. Tinha perdido a mundanidade. Tinha perdido a concha protetora. Tinha perdido o senso de humor diante dos problemas alheios. Queria tudo de volta. Queria que as coisas corressem mansas pra mim. De algum jeito, eu sabia que isso não ia mais acontecer, pelo menos não tão logo. Eu estava fadado a me sentir culpado e desprotegido.

Charles Bukowski

Criança é tão inocente que sonha em ser adulto.

Soja.

O pior estranho é aquele que um dia você tanto conheceu.

Desconhecido

Eu não te pergunto nada, não te peço nada, ate não me preocupo onde e com quem você esteja. mas toda noite eu sussurro bem baixinho até o sono vir: me ama, por favor.

Caio Fernando Abreu.